5 de fevereiro de 2007

Porque...

Porque - sophia de mello breyner andresen


Porque os outros se mascaram mas tu não
Porque os outros usam a virtude
Para comprar o que não tem perdão.
Porque os outros têm medo mas tu não.

Porque os outros são túmulos caiados
Onde germina calada a podridão.
Porque os outros se calam mas tu não.

Porque os outros se compram e se vendem
E os gestos dão sempre dividendo.
Porque os outros são habéis mas tu não.
Porque os outros vão à sombra dos abrigos
E tu vais de mãos dadas com os perigos.
Porque os outros calculam mas tu não.

4 comentários:

O teu Luis disse...

grande poemaaa eu tb o tenhooo se te lembras(n sei) nakele dia do alvalaxia k eu te mostrei dois poemas dela escritos numa folha de papel quadriculado tava la esse poema lool e muito giro este poema dix mta coisa em poucas palavras eu enorme beijo pa ti namorada mnha amo-te assim mtoooooo

O teu Luis disse...

tavas com um ar muito pensativo tavas a pensar em quem amor??ai ai eu n te gosto de ver assim muito pensativa lool olha sabes uma coisa??AMO-TE MUITO sabias??

O teu luis disse...

eu n me canso sabias que te amo mto?ja te tnha dito n ja??AMO.TE muitooo se as sdds matassem eu ja estaria morto!!!kero estar cntg poder abracar te poder dar te mtos beijinhus!!!oh pahh kero te aki!!!lol Amo-te muitoooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo*********************************************************************************************************

Rita disse...

Como foi so o teu luis que comentou vou-te chatear e comentar tb...
Toma toma :P
adowo-t