13 de maio de 2007

leva-me contigo


Esta música traduz o meu estado de espirito...

Olho para tudo e tudo me faz chorar
Deixas-me mudo já não posso mais falar
Sei que estás confusa mas isso é normal
Para mim és uma musa, alguém muito especial
Já não te vejo há um dia para mim pareceu-me um mês
Já te disse o que sentia agora é a tua vez
Deixa-me voar quero sair daqui
Quero estar no teu lugar queria-te ter só a ti
Em ti estou seguro daqui não vou sair
Nem que atravesse o muro com o risco de cair
Não me largues mais eu não te quero perder
Tens de voltar ao cais que eu sem ti não sei viver
Já senti a plenitude não importa o que tinha feito
Eras a minha virtude nunca foste o meu defeito
Digo-te o que sinto não pareces entender
É verdade eu não minto tenho mesmo que te ver
Leva-me contigo na palma da tua mão
Que eu já não consigo pisar mais este chão
Leva-me para longe que eu não consigo andar
Quero estar contigo teu mundo é meu lugar
Acabaram-se as palavras que saíam de ti
Estivesses onde estavas eu sentia-te em mim
Abraça-me uma vez e outra a seguir
Abraços já são três já te estou a sentir
Não te quero enganar sentia-me tão bem
Quero-te olhar eu sem ti não sou ninguém
Podes prender-me em ti podes voltar a gostar
Diz-me o que é que fiz que eu tento mudar
Não suporto ver-te assim tu sentes-te culpada
Ponho a culpa em mim acho que foste pressionada
Tenta perceber não te sintas mal
Tenho que dizer que tudo em ti é especial
Uma pagina rasgada e arrancada pelo vento
Não penso em mais nada não me sais do pensamento
Estás em todo o lado nas paredes e no mar
Não quero ficar parado não te quero largar
Passa a noite e o dia sem que os sinta a passar
Tudo o que eu queria era o tempo a parar
Ficava sozinho talvez a pensar demais
Mas talvez é um caminho para atingir meus ideais
Leva-me contigo na palma da tua mão
Que eu ja não consigo pisar mais este chão
Leva-me para longe que eu não consigo andar
Quero estar contigo o teu mundo é meu lugar
Acabaram-se as palavras que saíam de ti
Estivesses onde estavas eu sentia-te em mim
Abraça-me uma vez e outra a seguir
Abraços já são três já te estou a sentir
Leva-me contigo na palma da tua mão
Que eu já não consigo pisar mais este chão
Leva-me para longe que eu não consigo andar
Quero estar contigo o teu mundo é meu lugar
Acabaram-se as palavras que saíam de ti
Estivesses onde estavas eu sentia-te em mim
Abraça-me uma vez e outra a seguir
Abraços já são três já te estou a sentir




Beijinhos e boa semana a todos =)

5 comentários:

miguel disse...

oooiiiii!!!! de volta às raizes hen? ainda bem! é bom voltar às raizes! depois ficamos é cheios de terra, porque as raizes estão todas lá em baixo na terra e depois ficamos sujos!
xau bjs

--> Mister Freedom <-- disse...

a letra é qualquer coisa de divinal!!! excelente!!

bjs e até ao prox post
*MF*

luis disse...

essa letra trax me muitas recordaçoes boas, lembro me de uma telefonema em k me dixeste pa aprender essa musica pa ler bem pk tnha haver connosco ainda hj me lembro disto e nc vou eskecer.Esta letra tem mm muito que se lhe diga ai ai beijinhos gandes pa ti joaninha e ate sexta******

Flip disse...

Realmente é uma letra muito bonita, tal como a musica! ;)

Continua a postar joaninha! =)

Bjx grandes ******

gemea di* disse...

(parecença outra vez)
e uma musica tao linda tal como a sua letra e tal como a menina que a escreveu aqui!

ehehe claro que te levo comigo, onde quiseres e quando quiseres, aqui pa ti sempre, nao te vou esquecer...sim sim agr que te conheci vais ter k levar cmg ate ao fim da vida!

beijinho da alma gemea que te adora muito!